PÉS NA AREIA: correndo na praia

1545816_10202862449192662_1577037270_n

Verão e férias nos remete a imagem de mar e areia. Pra quem corre, treinar na areia pode ser uma opção para variar o terreno. Todo corredor sabe da importância de alternar o treino e o tipo de terreno, do asfalto para grama, terra ou areia.

Correr na praia pode proporcionar um prazer inigualável, correndo com o vento nos cabelos, belas paisagens ao som do mar, parecem ser requisitos para um treino perfeito, entretanto alguns cuidados devem ser tomados nesse tipo de terreno. Listei algumas vantagens e precauções:

–       Paisagem e o som do mar proporcionam maior prazer na corrida.

–       Correr na areia gera menor impacto, poupando as articulações.

–       No terreno arenoso encontram-se muitas irregularidades e isso acaba forçando mais o joelho e quadril (http://globoesporte.globo.com/eu-atleta/treinos/guia/correr-na-areia-ajuda-na-preparacao-fisica-mas-exige-cuidados-do-atleta.html)

–       Exigência muscular maior que pode auxiliar no fortalecimento e também lesões.

–       Fortalece tornozelos, articulações e músculos (posteriores de coxa, panturrilha, tibial anterior, musculaturas estabilizadoras) (http://revistacontrarelogio.com.br/materia/os-efeitos-da-corrida-na-praia/)

–       Por ser um treino mais forçado, recomenda-se que estes sejam mais curtos (http://globoesporte.globo.com/eu-atleta/treinos/guia/correr-na-areia-ajuda-na-preparacao-fisica-mas-exige-cuidados-do-atleta.html)

–       Areia dura força menos a musculatura entretanto é parecido com o asfalto (maior impacto) com o agravante de ser normalmente inclinado.

–       A areia fofa possui menos impacto mas os pés afundam mais existe a necessidade de mais força para impulsioná-los.

–       Priorize os treinos mais lentos e curtos. Não tenha preocupação com o pace pois o treino na areia exige mais e pode-se correr de maneira mais leve (http://o2porminuto.ativo.com/corrida-de-rua/materia/dica-do-especialista–treino-na-areia).

–       Deve-se usar tênis devido a presença do lixo nas areias (cacos de vidro, tampas, espinhos, etc), os modelos mais recomendados são os minimalistas (http://o2porminuto.ativo.com/corrida-de-rua/materia/dica-do-especialista–treino-na-areia). A Salomon  possui um modelo indicado para corredores na areia, é o Techamphibian 3, este possui entradas de ar, seca rapidamente e pode ser usado em terrenos secos ou molhados.

10134653_m

 

 

 

 

–      Gasta-se 1,6 calorias a mais na corrida em areia do que no asfalto, por isso pode auxiliar no emagrecimento (http://revistacontrarelogio.com.br/materia/os-efeitos-da-corrida-na-praia/).

–       Melhora a propriocepção (conscientização corporal (http://www.abril.com.br/noticias/ciencia-saude/correr-areia-fortalece-musculos-protege-articulacoes-412001.shtml)

–       Alongamento é primordial, principalmente o tendão de Aquiles e músculos do posterior da perna (http://www.webrun.com.br/h/noticias/com-os-pes-na-areia-correr-na-praia-faz-bem-para-a-saude/15157).

–       Lembrar de passar protetor solar no rosto e corpo. Usar bonés e óculos para aprimorar a proteção.

–       Não tomar banho de mar e depois correr, pois propicia o surgimento de assaduras.

–       Prefirir os horários com sol ameno, muito calor desidrata mais rapidamente.

–       Quem não tem cão caça com gato, ou seja, se não tem a praia por perto pode-se treinar nas quadras de areia. Neste caso a areia será mais fofa e todos os cuidados precisam ser tomados.

–       Lesões mais comuns: (http://www.sbrate.com.br/?dicas)

  •  Areia fofa (durante a fase de aterrissagem e impulso na areia, os músculos da panturrilha e o tendão calcâneo são mais exigidos e podem gerar lesões)
  • Areia dura: gera mais lesões nos membros inferiores devido ao maior impacto no solo duro.

Eu treinei na praia durante as férias, mas como não moro perto do mar pretendo continuar na quadra de areia pelo menos uma vez a cada 10 dias.

1012942_10202862459072909_498796053_n1507162_10202862457592872_1900889035_n

 

 

 

 

 

Quem treina na areia com frequência? O que acham?

Anúncios

14 pensamentos sobre “PÉS NA AREIA: correndo na praia

  1. Que delícia! Ainda mais em Bombinhas!!!
    Eu corro às vezes na praia, o visual é lindo, mas pra mim, de verdade, nada bate o asfalto!! Definitivamente, não sou fã de corridas de aventura! Um asfalto lisinho é o paraíso!

  2. Nossa , correr na praia ou mesmo na orla é uma delícia , o visual anima muito. Pelo menos para mim, sempre que o faço meu treino rende muito.
    Quando corro na praia procuro sempre praias que tenham a areia mais dura , assim facilita e evita o monte coisas que vc mencionou.
    Mas bem legal o post , bjo

  3. Não gosto de correr na praia porque cansa mais… #preguiçosa, mas sei que é ótimo correr lá… (apesar de concordar quando você fala que pode causar lesões).
    Beijocas.

  4. Intercalo meus treinos na areia da praia/calçadão, moro em recife e a praia fica a 700m de casa. É excelente para melhorar performance!

    Uma dica de variar os treinos são as ladeiras. Mas quem gosta dela além de ser no carnaval? Mas é necessário 😉

    Abraço

  5. Ja corro há alguns anos, moro em em Stella Maris, litoral norte aqui de Salvador, Sempre corri na pista, mas tem alguns meses que voltei a correr na areia, é bem melhor, já corro há 17 anos, desde os 19 anos, e na praia sempre corri descalço, areia fofa, dura, quando a maré ta cheia, mistura de areia fofa com pé dentro dagua, muito massa, e nunca tive lesão nenhuma, abração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s