Quem amamenta pode correr?

Existem inúmeras matérias e artigos que afirmam que correr durante a gravidez não tem problema e que pode trazer inúmeras vantagens para a gestante. Claro que devem ser tomados todos os cuidados e é necessário a aprovação e acompanhamento do médico e do treinador. Isso quando a mulher já praticava esta modalidade antes de iniciar a gestação e também não possui nenhuma patologia ou risco na gravidez.

Agora quando a mulher já ganhou o bebê, ela pode continuar a corrida? Não é verdade que durante o período da amamentação existe um grande aumento das necessidades energéticas? Se a mulher correr não vai faltar energia para a produção do leite materno?

Se a mulher está saudável e já corria não há restrição para a corrida, mas é verdade que existe um aumento das necessidades calóricas e por isso a alimentação deve ser de qualidade. O primeiro item da alimentação é em relação aos líquidos. Produzir leite demanda uma quantidade grande de líquidos e estes devem ser ingeridos frequentemente. Água é o principal líquido e também o melhor, mas pode-se também consumir água de coco, sucos naturais e chás claros. A frequência da alimentação também deve ser levada em consideração, ou seja, comer a cada 2 ou 3 horas.

As refeições devem conter carboidratos (fonte energética presente), proteínas (um dos principais componentes do leite, principalmente no colostro), lipídios (importante nutriente presente no leite, principalmente no final da mamada), vitaminas e minerais. A mãe nunca deve correr em jejum, pois as calorias serão utilizadas para a execução do exercício.

Nesta fase também é importante o acompanhamento do treinador para adequar a planilha de treinos conforme a disposição da corredora, já que ela poderá se sentir mais cansada (sem dizer nas noites sem dormir).

Uma dica é sempre amamentar o bebê antes de correr, pois dessa forma, a pessoa terá tempo para correr e depois se recuperar até a próxima mamada. Os treinos leves e moderados não oferecem problema em relação à quantidade e qualidade do leite materno, entretanto os treinos mais longos e fortes podem aumentar a produção de ácido lático e este poderá alterar o sabor do leite, e existe a possibilidade de haver recusa pelo bebê.

amamentação

Observar sempre é a melhor sugestão, verificando a quantidade de leite produzido, a saciedade e aceitação do bebê. Se tudo estiver bem, as mães que amamentam e gostam de correr podem ficar tranquilas porque correr e amamentar são possíveis sim!

Ilustração: http://www.wscom.com.br/noticia/saude/AMAMENTACAO+REDUZ+RISCOS+DE+DEPRESSAO-133790

Observação: texto todo escrito com base na minha experiência como docente da disciplina de Nutrição Materno Infantil.

Anúncios

10 pensamentos sobre “Quem amamenta pode correr?

  1. Republicou isso em Mamãe Fitnesse comentado:
    Dei um reblog neste Post!! Achei super útil! Eu amamento e corro sem problemas nenhum! Tomo bastante líquido e passei com uma nutricionista para não faltar nada nem para mim e nem para o João!
    Beijos
    Paty Kitice

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s